Nasal Ranger: o dispositivo para farejar maconha

nasalranger1

O dispositivo tem sido usado para detectar plantações que abusam no perfume das flores e acabam incomodando a vizinhança.

Enquanto por aqui ainda lutamos pra tentar simplesmente explicar o que a maconha, nos EUA – onde a maconha é regulamentada em diversos estados – os cultivadores já começam a enfrentar problemas de outras espécies, característicos de uma realidade onde a maconha é muito bem regulamentada.

Um exemplo disso é a alternativa no mínimo engraçada, adotada pelos de Denver, capital do Colorado (EUA). Trata-se do Nasal Ranger: uma espécie de cheiroscópio que aumenta as fragrâncias no ar e ajuda as autoridades a fiscalizarem os grandes cultivos de maconha.

Por lá, a lei determina que o odor do cultivo não pode passar uma proporção de 7:01 (média de sete peças de ar de diluição para uma parte de ar com cheiro). Se for detectado uma proporção de 8:01 ou mais, os cultivadores podem amargar uma multa de até US$ 2 mil.

 


Ben Siller, funcionário do Departamento Municipal  de Saúde Ambiental, afirma que o aparelho “não serve para detectar o cheiro da maconha queimando, sendo consumida por cidadãos na privacidade de suas casas”. Afirma que a maioria das chamadas são por conta do forte odor que as grandes operações de cultivo de maconha exalam.

Coma  legalização do Colorado, as plantações estão se multiplicando e as reclamações também. Mas Siller diz que raramente o cheiro é potente o suficiente para se qualificar como uma violação. Na verdade, ele confessou que a cidade não entrega uma multa por violação de odor desde 1994. “Precisa ser muito forte”, afirma ele.

Siller acrescenta que fumar maconha no grow não aumenta os riscos de ser detectado, principalmente depois que a maioria dos produtores passaram a utilizar sistemas de ventilação com filtros de ar.

O mundo vai se REadaptando à maconha, legalizando e regulamentando ela nos mais diferentes níveis. E por aqui ainda temos que conviver com perseguição de jardineiros, prisões absurdas, muita injustiça e mortes – fora as insanidades vomitadas por Osmar Bad Trip Terra e cia. Por isso precisamos continuar lutando, para que chegue logo o dia em que teremos inúmeros cheiroscópios, como esses de Denver, fiscalizando plantações legalizadas ao invés de fuzís trocando tiro nas favelas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s