Venda de remédio à base de maconha é autorizada pela 1ª vez na França

sativexpack

Pela primeira vez, o ministério da Saúde francês autorizou nesta quinta-feira, 9 de janeiro de 2014, a comercialização do Sativex, um spray bucal à base de maconha que já é utilizado em vários outros países. Mas o produto só deve chegar às farmácias em 2015. No Brasil, a comercialização do remédio está sendo analisada pela Anvisa.

A França dá o primeiro passo para a legalização do uso medicinal da maconha. Depois da autorização para a comercialização do Sativex, anunciada esta manhã, as autoridades sanitárias francesas devem definir o preço e a taxa de reembolso pelo sistema público de saúde antes do remédio ser colocado à venda, provavelmente em 2015.

Indicação terapêutica

A França era um dos últimos países europeus a não permitir a venda do Sativex. Mas sua indicação terapêutica será extremamente limitada, para evitar as críticas já que a descriminalização das drogas no país é extremamente polêmica. Somente os pacientes com esclerose múltipla terão o direito de utilizar o medicamento que alivia dores. Ele será prescrito apenas por neurologistas e por no máximo seis meses. O spray será vendido nas farmácias, mas deve ser estocado em cofres.

“Esta é uma excelente notícia para os pacientes franceses”, festejou Christophe Vandeputte, diretor do laboratório francês Almirall que distribuiu o Sativex na Europa. Ele lembrou que as negociações para esta autorização demoraram três anos. Todos os outros medicamentos à base de maconha continuam proibidos na França, assim como consumir a planta por motivos terapêuticos ou recreativos.

No Brasil, a comercialização do Sativex está sendo analisada, mas ainda não foi autorizada pela Anvisa.

Estados Unidos

Nos Estados Unidos, a comercialização da maconha para fins terapêuticos é bem mais liberal. Nesta quarta-feira, o governador do Estado de Nova York anunciou que vai autorizar o uso do produto para fins medicinais. Nova York passará a ser o 21º estado americano a flexibilizar sua legislação sobre o consumo da maconha.

 

via RFI

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s