Repórter da CNN fica chapada durante matéria sobre a legalização no Colorado

maxresdefault

Em tempos de mudança, eis que a CNN nos presenteia com essa pérola, onde a repórter Randi Kaye explica alguns dos efeitos mais conhecidos dos maconheiros.

É incrível o tipo de coisa que acontece quando a maconha é legalizada. Tome por base uma matéria a respeito da legalização no Colorado exibida pela emissora americana CNN, na qual a repórter Randi Kaye fica literalmente chapada, ou como os antigos caretas diziam, emaconhada.

Não há outro adjetivo para todos os efeitos e sensações que ela própria descreveu ao vivo para o repórter Anderson Cooper. Durante o programa, foi exibida uma matéria editada, na qual a repórter faz um tour em uma limousine por lojas de maconha, acompanhada de usuários, medicinais e recreativos, para abordar o processo de produção e venda da maconha. Neste passeio, a repórter acompanhou lado a lado o consumo dos usuários dentro da limousine, que ascenderam um baseado atrás do outro. No vídeo não aparece a repórter fumando diretamente, mas com certeza, pelo pouco espaço e quantidade de fumaça no ambiente, ela deu uma boa tabelada.

Após a exibição da matéria, Anderson Cooper pergunta para Kaye, quão extensa a foi a pesquisa na parte de trás da limousine. Com um gigantesco sorriso estampado no rosto, a repórter diz:

“Olha Anderson, foi de alto nível. Nós fizemos uma pesquisa muito extensa, eu lhe digo. Confesso que meu cérebro estava meio confuso, tanto que tive que dar um saída de lá”.

Então Cooper, surpreso e achando graça do que ela dizia, indaga “sério?”, e ela continua:

“Oh sério! Eu não estava pensando direito. Eu não conseguia lembrar algumas das perguntas que eu queria fazer na entrevistas, coisa que nunca acontece comigo quando estou trabalhando em campo. Eu achava todas as coisas muito engraçadas. Muito mais engraçadas do que eu normalmente costumo achar. Acho que tivemos um pequeno ‘contato com a brisa’ lá …”

Cooper dá uma engolida e gagueja:

“Ma-mas foi apenas um pequeno contato, vamos deixar esclarecido, correto?”.

E Randi responde, com um sorriso maior ainda na cara:

“Si-sim, foi apenas um contato ‘com a brisa’…

Simplesmente hilário! Se vale muito a pena assistir esse vídeo e sacar a cara da repórter, a empolgação na voz da repórter, as caras e bocas do ancora, além do super passeio pelas lojas de maconha do Colorado. Essa abordagem é um claro exemplo de como a cultura proibicionista está mudando nos EUA. Quando é que poderíamos imaginar uma repórter “em uma limousine esfumaçada, dando role pela cidade comprando maconha, ficando chapada de tabela” e ainda ser exibido depois? Os tempos estão mudando galera, podem acreditar!

Aqui no Brasil, a abordagem, ainda que tímida, já começa a mudar. Temos exemplos em vários meios de comunicação que estão mudando a forma de falar de maconha e encarar a guerra às drogas, mas ainda não chegamos nesse nível de interação com o tema. Aperte o play e assista a esse vídeo engraçadíssimo:

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s