Ativista alemão ganha 1 milhão de euros em programa de TV, e diz que vai investir tudo na legalização da maconha

 

Mas que vitória para a maconha – mais uma vez! O ano de 2014 começa com um monte de notícias muito positivas para a canábis, Desde 1º de janeiro a maconha recreativa esta sendo vendida legalmente no Colorado para maiores de 21 anos; Nova York também esta flexibilizando sua política a fim de dar uma chance à maconha medicinal; e o presidente Barack Obama admitiu, por mais de uma vez, que a maconha não é mais perigosa que tabaco ou álcool.

Porém dessa vez o progresso vem da Alemanha. Georg Wurth, diretor da DHV (Deutscher Verband Hanf = Associação Canábica Alemã), participou de um programa de TV chamado Millionärswahl, um programa de TV que escolhe democraticamente uma pessoa, ou equipe, com uma boa causa. Georg foi participando de todas as rodadas e ficou de pé até a rodada final, no sábado. E ele ganhou!

Só de ter o espaço na grande mídia e passar a mensagem da legalização da maconha já foi um enorme sucesso para Georg e sua equipe. A DHV foi capaz de dar um grande impulso na popularidade do tema ao longo dos últimos meses, desde que começaram com esse projeto de TV. Ganhar um milhão de euros é a cereja do bolo. O trabalho árduo de mais de 10 anos lutando pela legalização valeu a pena.

Segundo Georg, o dinheiro será utilizado totalmente na legalização da maconha:

Devemos falar de maconha e é nisso que quero aplicar o dinheiro. A política tem de enfrentar esse debate. Enquanto isso, a maconha já é perfeitamente legal no Colorado e o Uruguai se tornou o primeiro país a legalizar. Isso mostra que diferentes políticas de maconha são possíveis! Se trata de uma alternativa a proibição. A proibição falhou! é destrutiva e cara. Nós gostaríamos de substituir o mercado negro atual por um mercado regulamentado.”

Com o dinheiro, nós gostaríamos de fazer campanhas nesse sentido. Para isso, vamos abrir esse assunto para o público através de anúncios e spots de TV. Queremos iniciar o diálogo sobre a maconha, questionar se faz sentido ou não que as pessoas sejam perseguidas pela polícia só porque escolheram a maconha ao invés do álcool. Além disso, queremos apoiar também as pessoas doentes, que travam suas próprias batalhas pelo seu direito à um medicamento de qualidade. Nós queremos dar voz a essas milhões de pessoas que consomem maconha na Alemanha – uma voz tão alta, que nem mesmo a chanceler Angela Markel não pode mais ignora-la.

Que assim siga a legalização na Alemanha, país que se aproxima cada vez mais de um futuro verde, pacífico e saudável.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s