Falando sobre maconha medicinal com seu médico

200401829-014

Falar com seu médico sobre maconha medicinal pode ser um momento difícil, mas é sem dúvida muito importante. Por isso é importante que o paciente esteja bem informado e preparado para enfrentar uma possível resistência.

É comum vermos pacientes com vergonha de falar sobre maconha medicinal com seus médicos, pois além de ser proibida, também é vista como maléfica à saúde. Entretanto, alguns médicos tem plena consciência do uso medicinal da maconha e preferem se omitir por ainda ser considerada um tabu.

Embora a maconha medicinal tenha tido um complicado histórico no século passado, à medida que o tempo passa e a legalização avança pelo mundo, as pessoas passam a aceitar melhor (principalmente a nossa conservadora sociedade brasileira). Porém essas informações ainda não são difundidas da forma que merecem, o que compromete o tratamento de milhares de pacientes.

Então, como saber se a maconha medicinal é ideal para o seu tratamento? Você precisa se informar e também perguntar ao seu médico. É somente através de um trabalho próximo com o seu profissional de saúde que você pode decidir se a maconha será útil ou não.

Sabemos que falar sobre maconha com o médico pode ser intimidante e confuso. O objetivo aqui é eliminar o estigma em torno deste tema, capacitar os pacientes para que façam as perguntas certas e que assim possam receber, se necessário, um tratamento digno à base de maconha medicinal.

Aqui está uma lista de perguntas que você pode fazer para determinar se a maconha medicinal é uma opção, e em caso afirmativo, quais são os próximos passos. Estas questões básicas ajudarão a iniciar uma conversa entre você e seu médico. Essa conversa pode ser uma maneira de desmascarar mitos sobre o uso da maconha e esclarecer alguns fatos (além de saber se ela será útil para seu tratamento).

Quais são os riscos à saúde associados ao o uso da maconha medicinal?

Quais tipos de doenças podem ser tratadas com maconha? Ela é uma boa opção para o meu caso?

Qual o melhor método para fazer uso deste medicamento? Devo fumar, ingerir, vaporizar?

Onde posso encontrar mais informações sobre maconha medicinal?

Serei capaz de desempenhar minhas funções diárias enquanto estiver usando a maconha no tratamento?

Estou seguro utilizando a maconha como medicamento?

Minha percepção será alterada?

Quais são os efeitos colaterais?

Ficarei viciado?

A maconha poderá interagir com outros medicamentos?

Esteja ciente que perguntar sobre maconha poderá fazer seu médico reagir de diversas formas: ele pode ter uma postura animadora, crítica, conservadora, positiva, não saber responder, ser preconceituoso, etc. Ele pode falar “não sei, vou pesquisar, buscar mais informações e te comunico depois” (ou algo do tipo), ou ele também pode fechar a cara e falar “que absurdo, jamais ouvi nada a respeito”. A postura do profissional de saúde é determinante para saber a sinceridade da resposta e o quanto seus pré-conceitos estarão interferindo.

Neste momento é importante lembrar que a maconha é usada no mundo todo como medicina e muitos países estão mudando suas políticas de drogas para facilitar o tratamento com essa planta. Portanto, prestar atenção na postura do médico em relação à sua pergunta é fundamental para determinar a seriedade e honestidade da resposta.

Isso não significa necessariamente que a maconha seja a única alternativa para seu tratamento – de repente ela nem seja uma alternativa. Apenas fique atento à sinceridade do médico em relação à este assunto. Para que você possa desarmar possíveis atitudes negativas e tentar uma conversa séria, se informe sobre o assunto. Mesmo que de forma básica, o conhecimento no tema te ajudará a argumentar com seu médico e demonstrará seriedade no interesse.

Além de fazer essas perguntas, aconselhamos você à pesquisar no Google/Youtube e dar uma olhada em nossa sessão de artigos para se informar sobre a maconha medicinal e seus benefícios. Pesquisando antes você poderá fazer perguntas específicas e estará melhor preparado para ter uma conversa aberta, esclarecedora e efetiva com seu médico. Não deixe que o medo e receio de perguntar sobre maconha medicinal te impossibilite de realizar um tratamento mais saudável e eficaz.

 

Anúncios

Uma resposta em “Falando sobre maconha medicinal com seu médico

  1. Pingback: Maconha medicinal no tratamento da Síndrome de Tourette | CHARAS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s