Senadores do Chile propõe projeto de legalização da maconha

Presidente do Senado, Isabel Allende Bussi, colocou em pauta a legalização da maconha.

Presidente do Senado, Isabel Allende Bussi, colocou em pauta a legalização da maconha.

País mostra que está cada vez mais maduro em relação à legalização e novo projeto entra na pauta do senado.

Isabel Allende Bussi, presidente do Senado do Chile, introduziu a legislação para legalizar a posse, o uso e o cultivo privado de maconha recreacional no Chile.

Os senadores Fulvio Rossi, Alfonso de Urresti, Carlos Montes, e Juan Pablo Letelier são co-patrocinadores do movimento. “É importante discutir essa matéria, levando-se em consideração os direitos básicos, se desejamos ser uma sociedade moderna e inclusiva”, afirma Bussi.

Sob a lei proposta, os chilenos serão autorizados a cultivar até três plantas de maconha – e terá permissão para possuir e usar o que essas plantas produzirem – desde que a maconha seja usada para uso pessoal e não para distribuição. A venda de maconha continuará sendo proibida.

Ainda que o consumo seja descriminalizado, o cultivo caseiro e acesso à planta ainda é ilegal. A proposta deverá ser discutida pelo Senado do país nas próximas semanas.

via Southern Pacific Review

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s